terça-feira, 18 de janeiro de 2011

RIOS.O.S


Quando a natureza resolve dar o troco de todo castigo que já sofreu, por toda parte que já foi destruída, por toda a sua área que já foi desmatada, por toda a degradação que vem sofrendo, não nos resta muito a fazer, se não rezar.

O “servo” que toda vida nos serviu resolveu de uma hora pra outra nos punir, punir as pessoas e suas construções, suas obras que tanto orgulha os homens, punir por suas invasões, por sua despreocupação, por seu descaso...  justo com ela, a natureza.

E nesta grande devastidão, hoje o rio sofre o pior das iras. Embaixo d’água homens procuram viver, em cima da lama homens procuram sobreviventes, pessoas que passaram a vida pra conquistar um pouco, perdem tudo. Meninos que tinham a vida pela frente perdem os sonhos.

Mães que perderam seus filhos, filhos que não encontram seus pais, o Rio sofre com a cheia de seus rios, crianças choram a perda de seus parentes, choram o gosto da solidão.

Um triste fim para pessoas que talvez não tiveram a oportunidade de um começo, um triste começo para quem pretendia ter um outro fim. Um novo início pra quem não optou em recomeçar, o fim de tudo que foi inicia um começo do que agora vai ser.

Pessoas que se unem pela sobrevivência na luta contra um inimigo que só se vence pelo tempo, um inimigo que outrora era nosso aliado, um inimigo que após a tempestade nunca será esquecido, e não importa se um dia virmos um belo pôr-do-sol, estes dias nunca serão esquecidos.

O Brasil hoje chora por pessoas desconhecidas, por mães que não são nossas, por filhos de pais que não conhecemos, por irmãos que não temos, por órfãos, por idosos, pelo povo dessa cidade conhecida por suas belas praias e que hoje sofrem a perda de tudo aquilo pelo qual passaram a vida lutando... suas famílias, suas casas, seus amigos.

Vamos orar para que chegue um novo amanhecer trazendo consigo toda força disfarçando o desespero, toda esperança ocultado a dor, toda a alegria escondendo as lágrimas, e que acima de tudo traga todo o amor, tapando assim qualquer vazio.


Bons Ventos! Rio.
Muita Paz e Muita Luz.

Zélio Marulo Jr.





# Compartilhar: Facebook Twitter Google+ Linkedin Technorati Digg

18 comentários:

  1. muito profundo seu texto..eu então q sou manteiga derretida(e q já está profundamente abalada com estes fatos)fico a ponto d chorar novamente!
    muito triste tudo isso, só penso em ajudar..em ajudar...

    ResponderExcluir
  2. No meu blog fiz um apelo para as pessoas ajudarem as vitímas, é muito dificl, por que aqui em Pernambuco passamos por isso a alguns meses atrás, e vocês daí que nos ajudaram!
    Parabéns pelo blog, estou seguindo,
    segue tbm ?

    www.diamondsfashion.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Como sempre: conciso. A compaixão e a solidariedade é o que ainda nos salva de tragédias maiores. Excelente texto!

    Abs.
    ;)

    ResponderExcluir
  4. Falou tudo!
    Infelizmente, esta foi uma tragédia anunciada...
    Mas, como disse a Paula Montenegro, A compaixão e a solidariedade é o que ainda nos salva de tragédias maiores.

    ;P

    ResponderExcluir
  5. Nossa! Um texto leve e pesado ao mesmo tempo; que faz sentir toda essa dor da perda a cada linha e remete à reflexão sobre o acontecido. Palavras que tocam...

    ResponderExcluir
  6. fico feliz que tenha gostado do texto...
    grande abraço.

    ResponderExcluir
  7. Vamos orar e ajudar. Agora é que todos nós temos que mostrar o "Amor ao próximo". Parabéns pelo apelo...

    ResponderExcluir
  8. Mt legal manooooO!
    http://eitamania.blogspot.com/
    segue?!

    ResponderExcluir
  9. Bem intenso o seu texto, hein. Ótimo texto, parabéns!

    []'s

    ResponderExcluir
  10. Passei alguns dias tentando escrever algo sobre td isso, mas não consegui achar palavras... Você, porém, acho que conseguiu materializar no seu texto tudo sobre o que eu queria falar e não consegui, da dor à culpa...
    Parabéns!!!
    .
    Blog: Sublime Irrealidade
    http://sublimeirrealidade.blogspot.com/
    Sigam me os bons!

    ResponderExcluir
  11. http://ecologiaemeioambiente.blogspot.com/19 de janeiro de 2011 12:01

    Realmente a Natureza só está começando a dar o troco, e como nós seres humanos, não nos importamos com os animais desabrigados quando construimos cidades e nem com as espécies (fauna ou flora) destruídas em prol de um falso progresso. Tenho certeza que a natureza não vair se importar com vidas humanas que são apenas mais um ser dentro de toda a biosfera.
    Visite meu blog, acho que você vai gostar: http://ecologiaemeioambiente.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Talvez o caso do Rio seja o mais comentado, nem que seja por instantes, pelos blogueiros. O grande problema disso é que todos, não somente nós, como as pessoas que estão lá vão se esquecer de todos os avisos e reconstruir tudo de novo, esperando que dessa vez a chuva não seja tão forte, que o vento não seja tão mal e a terra fique onde deve estar.
    Toda essa lama, esse caos, não invadiu o espaço de ninguém, pois há muitos anos nós invadimos o espaço deles.

    Só rezo para que a tristeza passe rápido e que eles possam encontrar outros lugares para se viver.

    Beijos,
    Giuliana

    ResponderExcluir
  13. "Um triste fim para pessoas que talvez não tiveram a oportunidade de um começo, um triste começo para quem pretendia ter um outro fim."

    Que texto maravilhoso. Pena ser um assunto tão triste. Mas não dá pra culpar a natureza pelos direitos que ela tem. Tampouco dá pra culpar os homens pelos direitos que nunca tiveram.
    É triste.

    Beijão =*

    ResponderExcluir
  14. Não podemos negar que estamos recebendo o que plantamos. Anos de maltratos à natureza um dia se voltaria contra nós.
    Claro, que pagam aqueles que têm menos culpa, pois os verdadeiros culpados têm muito bem onde se esconder. Essa é a injustiça do mundo. Uns pagam pelos outros. E eu espero que essas tragédias cheguem ao fim - mas infelizmente não acredito muito nisso.

    ResponderExcluir
  15. ZÉLIO, FIQUEI HOJE IMPRESSIONADO QUANDO DESCOBRI QUE NA REGIÃO DE "SEBATIANA", MORADORES TIVERAM QUE COMER CÃES E CAVALOS PARA SOBREVIVEREM...!!!

    ALGO QUE CHOCA E QUE A GENTE SÓ TEM NOTÍCIAS POR FILMES OU NOTICIÁRIOS.

    ABS,
    www.vemaquinomeublog.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Oi amigo...e de passagem por aqui venho te dizer que o sentimento de todos é exatamente o sentimento que descrevestes. Só nos resta mesmo orar, ajudar da forma que pudermos e desejar que o mínimo de dor reste quando o dom supremo do amor entrar em cena...
    Saudade de escrever aqui, viu. Beijo, Ju.
    Lu.

    ResponderExcluir
  17. O triste é saber quem são os verdadeiro culpados, que certamente não são os rios. Oremos por todos que vem sofrendo desde o ano passado com tantas chuvas. Belas palavras Zélio, bonitos sentimentos.

    ResponderExcluir

 
Copyright © 2013 INOPORTUNO