sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Lembre-me de Esquecer.

Lembre-me de esquecer as dores, os dissabores, tudo aquilo que não posso mudar, tudo aquilo que não está no meu controle, esqueça de me lembrar daquilo que não quero recordar.

Diga-me para não dizer aquilo que sempre acho para não machucar a quem possa ouvir, para não desperdiçar a hora de calar, para que não faça como os demais em momentos de raiva, lembre-me de não dizer aquilo que não quero falar.

Pause-me, quando pretender ir sem pensar, para não perder tempo em caminhos que eu queira retornar, para não avançar quando for hora de parar, pause-me quando só enxergar horizontes em minha frente e não um lugar para chegar, pause-me quando em minha cabeça e em minhas pernas não existirem mais freios.

Cale-me quando não for oportuno que me manifeste, quando o silêncio for mais precioso que as palavras, cale-me para que não volte a dizer algo que perturbe a paz, cale-me quando tudo que tenha a dizer não seja necessário.

Abrace-me quando em meus dias de fúria eu queira fugir, incentive-me quando não achar mais forças para prosseguir, deixe-me quando eu mais precisar da solidão, impeça-me de fazer coisas que não poderei corrigir, perdoe-me quando te ferir, porque com certeza não terá sido essa minha intenção.

Mas, acima de tudo, me ame quando eu achar que já não exista prazer em viver!!


Zélio Marulo Jr.


Bons Ventos!!
Tchau!!
# Compartilhar: Facebook Twitter Google+ Linkedin Technorati Digg

19 comentários:

  1. Perfeito! Talvez tudo que ele está pedindo, queira ao contrário... Sofrer é bom para mostrar que estamos vivos. ;)

    Gostei do Blog.

    Passa no meu? Acho que vai gostar!
    http://caminhandoaovento.blogspot.com/

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Uma receita de como cuidar e zelar. Uma conclusão de como fazer reviver.
    Texto simplesmente maravilhoso.
    E o final não podia ser de súplica mais bela.

    Achei interessante que ao ler o texto logo me veio a música Sutilmente - Skank.
    E que combinação maravilhosa. O texto não pede música alguma, já é completo por si só; Mas a união ficou bacana. Uma ideia completa a outra.

    Grande beijo =*

    ResponderExcluir
  3. "...me ame quando eu achar que já não exista prazer em viver!!"

    Perfeito
    O muito lindo texto!
    parabens pelo blog!

    ResponderExcluir
  4. NUssss, texto maravilhoso cara!

    Parabéns mesmo.

    ResponderExcluir
  5. Adorei o texto por completo,vou ate rouba uma parte dele aqui rsrs
    "Mas, acima de tudo, me ame quando eu achar que já não exista prazer em viver!!"


    Parabéns parceiro...VAi lançar o livro quando?

    ResponderExcluir
  6. Não sei por quê, mas lembrei-me da música "sutilmente" do Skank...

    Ah! o silêncio...

    abs,
    Fernando Piovezam
    http://seuanonimo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. realmente lembra a musica do Skank hahaha!
    muito bom o texto parabéns.

    http://mahhvip.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. aaaaaaaah olha tem um selo no meu blog p vc!
    entra lá http://www.trilhassonoras.cz.cc/

    parabens pelo blog!
    ate mais

    ResponderExcluir
  9. "Não sei por quê, mas lembrei-me da música "sutilmente" do Skank..."

    Essa foi a sensação que este texto me causou também.

    Muito bom!

    ResponderExcluir
  10. Muito bom o texto, uma excelente prosa poética.

    ResponderExcluir
  11. Opa
    Legal teu blog, vou te seguir ai tambem...
    E visitarei mais seguido.

    Abraço

    Visita o meu se quiser...

    http://interatividadeoculta.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Boa reflexão, e muito bem escrita. Valeu!

    ResponderExcluir
  13. Texto OPORTUNO e muito inteligente.

    ResponderExcluir
  14. Obrigado por seu comentário...
    e parabéns pelo belo texto escrito :)

    ResponderExcluir
  15. Ótimo texto cara! Amei seu blog. Desde o título, o slogan. muito bem escrito!
    Sucesso total!


    http://meucaonaochupamanga.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. "Abrace-me quando em meus dias de fúria eu queira fugir, incentive-me quando não achar mais forças para prosseguir, deixe-me quando eu mais precisar da solidão, impeça-me de fazer coisas que não poderei corrigir, perdoe-me quando te ferir, porque com certeza não terá sido essa minha intenção".
    Amigooooo, saudades de você e de suas frases feitas para refletir. É sempre bom ler algo seu, principalmente porque suas palavras trazem em seu bojo coisas que fazem parte da nossa vida cotidiana. Xero enorme e fica na paz. Lu.

    ResponderExcluir
  17. Perfeito o texto!Relata bem o que estou sentindo hj. Vc como sempre com seus textos espetaculares e alguns bem marcantes.

    "Prefiro morrer de pé do que viver de joelhos"...até hj lembro dessa sua frase.

    ResponderExcluir

 
Copyright © 2013 INOPORTUNO