terça-feira, 21 de junho de 2011

É injusto ser Justo?



Falar sempre foi a maneira mais fácil de expressar o não contentamento com algo que acontece em nosso bairro, cidade, estado, país e etc., mas o difícil mesmo é agir. E quando agimos será que somos justos nas decisões, será que usamos sempre a forma correta de ação? Será que nossa justiça injusta afeta o modo como agimos? Pode ser, talvez, não sei.

É justo que um Deputado mate duas pessoas em um acidente de trânsito onde ele estava embriagado e em alta velocidade e após dois anos ainda esteja em liberdade?

É justo que crianças passem fome nas ruas enquanto seu filho só come se for no Mcdonalds?

É justo que um vereador ganhe um salário (bruto) acima dos R$ 6.000,00 enquanto um professor tenha um piso salarial abaixo de R$ 2.000,00?

É justo que crianças da rede pública de ensino não tenham o que comer na merenda por políticos e suas esposas desviarem mais de R$ 8 milhões do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE)?

É justo que mendigos sejam queimados e mortos nas ruas por seus filhos estarem entediados e querendo transformar a vida em um vídeo-game?

É justo que pessoas recebam cotas para ingressarem nas faculdades e concursos por serem negros, brancos, pardos, índios, albinos, mulatos, amarelos ou azuis...?

É justo que um trabalhador receba um salário mínimo trabalhando oito horas por dia, sete dias por semana, enquanto um médico que não tira seu plantão e ainda assim receba R$ 14 mil pelo serviço não prestado?

É justo que soltem o homem que matou a sua filha, mas prendam o pai dela por tentar fazer justiça com as próprias mãos?

É justo que pagamos para alimentar os criminosos que estão nas cadeias?

É justo que políticos votem em aumentar seu próprio salário, enquanto milhões de brasileiros vivem com renda mensal de menos de R$ 40,00?

É justo ter uma justiça cega para os ricos e “altamente eficaz” para os pobres?

É justo ver seu parente, amigo, filho... Morrer em frente ao hospital por não haver médicos para atendê-lo?

Enquanto vivermos neste mundo de comodismo, de só enxergar as coisas quando elas te afetam, de sentar na frente da Tv e assistir Eliana, de não se importar com os outros, muita coisa vai mudar...só que pra pior!

Se é justo ou injusto vai depender dos olhos de quem vê, de quem lucra ou sofre com tudo isto. Só sei que é foda parceiro.



"Nada é tão ruim que não possa piorar"
Lei de Murphy 

Zélio Marulo Jr.

# Compartilhar: Facebook Twitter Google+ Linkedin Technorati Digg

12 comentários:

  1. muito legal seu texto Zélio.
    o Problema que um dos maiores propagadores da mudança em grande parte do nosso passado foi a juventude, que tinham objetivos de mudança, Cheia de idéais e utopias de um mundo melhor e mais justo, porém a Cultura de massa tratou de transformar sonhos de mudança para o mundo em uma simples atividade de consumo. hoje nao se pensa na mudança para o mundo, só se pensa no EU.
    porém ainda existe esperança. tenho minha utopia de um mundo melhor e mais justo. porém como diz o dito popular: "uma andorinha só não faz verão" porém "a primeira atitude de mudança parte de cada um"

    ResponderExcluir
  2. Showcante ^^! mudar todo mundo quer, agora ter forçade vontade é outra, mais sei lá.




    Blog Jovens Metropolitanos http://goo.gl/P1jzG
    Assine nosso Boletim Informativo e receba as novidades desse ano.
    .
    Versão Mobile do Blog já está Disponível!
    onbile.com/jmetro
    .
    Acesse o Blog e Participe
    .
    Coluna: BABADO FORTE
    Coluna: SE LIGA MÔ VÉI
    Coluna: BALADA -> vaga em aberto
    Coluna: LIFE OF BOY -> vaga em aberto
    .
    Temporada de Parceria

    ResponderExcluir
  3. Somos muito acomodados.Falta iniciativa para fazer justiça pelo justo.

    ResponderExcluir
  4. um dia acontece o que aconteceu com os dinossauros!! somos um povo em extinção!! não estarei cá, para ver um único homem, com todo o PODER, sentado sozinho na sua cadeira - sim, porque toda a humanidade que teve um colapso repentino ''se evaporou em pó''.

    quando um homem muda um pouco na direcção de algo maior que não a zona confortável do seu ego, em algum canto do planeta nasce uma árvore com a chance de doar um pouco de mais oxigénio para o planeta tão saturado!!

    abraço

    ResponderExcluir
  5. Justo não é; e mais, concordo com o comentário acima 'somos muito acomodados, falta iniciativa'. E muita iniciativa.

    ResponderExcluir
  6. adorei o blog! são poucos que abordam a realidade como o seu *-*

    comenta?

    http://cupcake-bruna.blogspot.com/2011/06/rp-amor-perfeito-nova-colecao.html

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Tem um selo pra você lá no meu blog amigo!
    Passa lá e pega pq vc merece!!!

    ResponderExcluir
  9. Argumentação perfeita, Zélio!

    Parece que a cada uma dessas injustiças ou a cada um que endossa o coro e colabora para que cresçam em números os injustiçados, o mundo evolui!... Não deveria ser assim. A evolução e o crescimento de uma sociedade deveriam ser dissociados desse tipo de injustiça.

    É foda!...

    ResponderExcluir
  10. É difícil dizer o que é justo e o que não é. Levando em conta que justiça também é algo que provém das nossas condições. O que à mim parece o ato de mais pura justiça, à outro significa uma injustiça tremenda.
    Será que pode haver um consenso entre as partes?

    Mais difícil ainda é mobilizar as pessoas. Principalmente quando, aparentemente, a causa não as atinge. É difícil retirar o egoísmo do ser-humano.

    Eu "só se que é foda parceiro".

    ResponderExcluir
  11. post excelente... O mundo está repleto de coisas injustas e como vc disse, enquanto isso muita gente fica na frente da TV concordando com tudo que a "caixinha mágica" mostra.

    ResponderExcluir
  12. Gostei muito do teu texto,Zélio,por que essa semana mesmo conversei com algumas pessoas e me irritei pelo fato das mesmas falarem que o o único jeito é fingir que não vê nada e tentar reagir a isso ou reclamar é loucura ,insensatez,gostei muito do teu texto,de saber que vc pensa assim,por que apesar de tanta porcaria e sujeira ,eu ainda acredito na mudança,até porque eu acho que o mundo muda com a mudança da mente e cada um muda o mundo ao seu redor e absurdo abaixar a cabeça pra essas coisas e achar que é normal.Enfim um tapa na cara esse texto.

    ResponderExcluir

 
Copyright © 2013 INOPORTUNO